Saída do ARK Bitcoin ETF para superar o GBTC – EUA transferem mais 2.000 BTC para Coinbase

Sair do ARK Bitcoin ETF para superar o GBTC

O ETF ARK 21Shares Bitcoin de Cathie Wood registrou uma saída de mais de US$ 87 milhões pela primeira vez. Assim, pela primeira vez, o mercado viu uma saída maior do GBTC. Aproximadamente US$ 300.000 em ativos foram perdidos em 1º de abril, enquanto US$ 87,5 milhões em ativos foram perdidos em 2 de abril.

Clearpool fornecerá serviço de ‘Credit Vault’ com Avalanche Network

Clearpool, o mercado de crédito que reúne mutuários corporativos com uma rede mundial de credores on-chain, anunciou que lançou o serviço ‘Credit Vault’ na rede Avalanche. Projetado para melhorar a eficiência do crédito aproveitando ativos do mundo real (RWAs), como crédito privado, o Credit Vaults oferecerá empréstimos sem garantia para instituições e hospedará exclusivamente o primeiro pool de RWA da Clearpool no Avalanche.

O volume de negociação de ETFs de Bitcoin à vista atingiu US$ 111 bilhões em março

De acordo com os dados, o volume de negociação de ETFs Bitcoin à vista em março atingiu US$ 111 bilhões, quase triplicando o volume de negociação de US$ 42,2 bilhões em fevereiro. Quando examinamos os ETFs com maior volume de negociação, vemos que os três primeiros são Grayscale, BlackRock e Fidelity. De acordo com os ativos sob gestão, a BlackRock possui US$ 18 bilhões em BTC, enquanto a Fidelity ultrapassou US$ 10 bilhões.

RWA se afasta do regulador de valores mobiliários de Hong Kong

Hong Kong pretende estabelecer o país como um centro para ativos do mundo real (RWA) e ofertas de tokens de segurança (STOs), promovendo um ambiente regulatório avançado e favorável. As autoridades reguladoras de Hong Kong demonstram abertura e apoio à inovação dos RWA. Além disso, a Comissão de Valores Mobiliários e Futuros (SFC) do país manifestou a sua intenção de abrir os investimentos RWA a investidores individuais.

Nick van Eck lançará um novo Stablecoin

O filho de Jan van Eck, Nick van Eck, está se preparando para lançar uma stablecoin apoiada em dólares americanos após uma rodada de financiamento de US$ 12 milhões. Segundo o relatório publicado, o nome da moeda será ‘Agora’ e a sua abreviatura será ‘AUSD’. Ele fará este projeto com Drake Evans e Joe McGrady. Drake Evans foi anteriormente diretor de crédito na Frax Finance. McGrady trabalhava como diretor de operações na Galaxy Digital. Está entre as informações que o Agora Digital não será utilizado nos EUA até que depósitos abrangentes sejam aceitos.

EUA transferiram mais 2.000 BTC para Coinbase

No comunicado da ZachXBT na terça-feira, parece que 2.000 BTC controlados pelos EUA e vinculados ao Silk Road foram transferidos para a Coinbase. A carteira Silk Road dos EUA contém atualmente 29.799 BTC no valor de US$ 1,96 bilhão. Não houve pressão de vendas que pudesse afetar o preço até o momento na venda de Bitcoins obtidos no Silk Road.

Receita recorde de mineradores de Bitcoin

Os mineradores quebraram um recorde em março e obtiveram uma renda de US$ 2 bilhões. Uma média de US$ 65,23 milhões foi ganha por dia. A renda dos mineiros depende do preço do BTC, é claro. Por esse motivo, ver o ATH em março é o maior fator para atingir esse rendimento recorde. Mesmo após o halving, a situação da renda dos mineradores é uma das questões mais curiosas.

Investindo em Bitcoin por meio de ETFs da Burkett Financial Services

A Burkett Financial Services, uma empresa de planejamento financeiro com sede na Carolina do Sul, anunciou que investiu em dois ETFs Bitcoin. De acordo com as declarações, Burket possui um total de 602 ações do IBIT e 630 ações do BITO. O valor total destes dois investimentos ronda os 50 mil dólares. Assim, a Burkett Financial Services é a primeira instituição financeira tradicional a investir com base em Bitcoin através de ETFs.

——————————————————————- ————— —————————–

BITCOIN (BTC)

Nas primeiras horas da manhã, o BTC estava cotado a US$ 66.008, com um ganho de 0,81% em valor. Após a alta para US$ 73 mil, houve recuo para US$ 60,8 mil. Depois, houve correção e alta para US$ 71 mil. Caímos para o patamar de 64 mil dólares devido à pressão vendedora desta região. Essa região é a região de demanda, e se houver uma reação daqui pode ocorrer um aumento de até US$ 68 mil. Se não houver reação, um recuo poderá ser visto novamente até US$ 60.800.

ETHEREUM (ETH)

A ETH está cotada em US$ 3.286, com um ganho de 0,18% em valor nas primeiras horas da manhã. US$ 3.680 apareceram como forte resistência. Com preços abaixo de US$ 3.400, houve um recuo para US$ 3.300. US$ 3.200 é o principal suporte e parece ter recebido uma reação deste nível. Caso esse local não funcione como apoio, poderá haver saque de até R$ 3.000.

RIPPLE (XRP)

Nas primeiras horas da manhã, o XRP estava cotado a US$ 0,5832, com uma perda de valor de 0,36%. Segue um curso horizontal no nível de 0,56 – 0,62. XRP tem níveis de suporte sólidos em 0,6143 e 0,5830. Uma queda no preço abaixo destes níveis levanta a possibilidade de uma correção de curto prazo. Por outro lado, se os níveis de resistência de 0,6530 e 0,6720 forem excedidos, pode-se esperar que o XRP empurre a meta de 0,80. Romper esses níveis de resistência pode abrir caminho para que a tendência ascendente ganhe impulso.

AVALANCHE (AVAX)

AVAX custa US$ 47,23 com um ganho de 0,77% em valor nas primeiras horas da manhã. Os níveis 48,00 e 45,00 aparecem como níveis de suporte sólido para AVAX. Há um movimento horizontal nesta região no curto prazo. Uma queda no preço abaixo destes níveis levanta a possibilidade de uma correção de curto prazo. Por outro lado, se os níveis de resistência 50,00 e 51,00 forem excedidos, pode-se esperar que o AVAX empurre a meta de 60. O nível de US$ 40 é visto como um forte apoio na continuação do recuo.

SOLANA (SOL)

A SOL está cotada a US$ 188,15, com um ganho de 3,65% em valor nas primeiras horas da manhã. Quando examinamos o gráfico de quatro horas, vemos que houve um recuo para a região de US$ 175 ontem e um movimento acima do nível de US$ 185 novamente, com suporte da linha de tendência ascendente nesta região. Se este movimento continuar, o nível de US$ 190 pode ser seguido como uma resistência de curto prazo e, se romper para cima, um movimento em direção aos níveis de US$ 195 pode ser possível. Em caso de saques, os níveis de US$ 185 e US$ 180 podem ser seguidos como suporte.

CHAINLINK (LINK)

Nas primeiras horas da manhã, o LINK custava US$ 18.081, com um ganho de 0,74% em valor. Quando examinamos o gráfico de quatro horas, vemos que há uma agulha no nível de US$ 17.500, que seguimos como zona de suporte, e uma reação ascendente ocorre a partir desta área. Se esse movimento continuar, o nível de US$ 18.500 aparece como resistência e, se ocorrer uma quebra de alta, o nível de US$ 19 pode ser testado. Em caso de saques, o nível de US$ 17.700 pode ser seguido como suporte no curto prazo.

NEAR

NEAR custa US$ 6.463, com um ganho de 4,02% em valor nas primeiras horas da manhã. Vemos que há um movimento de reação ascendente a partir do nível de US$ 6.200, que é a zona de suporte onde examinamos o gráfico de quatro horas. Se esse movimento continuar, os níveis de US$ 6,80 e US$ 7 podem ser seguidos como resistência. Em caso de saques, o nível de US$ 6,20, que é a região onde recebeu reação, pode ser seguido como suporte. Se esta área cair, pode ser possível testar o nível de US$ 6.

FET

Nas primeiras horas da manhã, o FET estava cotado a US$ 2,7165, com um ganho de 1,81% em valor. Quando examinamos o gráfico horário, vemos que há um movimento horizontal entre os níveis de US$ 2,60 e US$ 2,75. Esses dois níveis podem ser seguidos como principais níveis de suporte e resistência. Se ocorrer uma quebra de alta, um movimento em direção à região de US$ 2,90 pode ser possível. Em caso de retiradas, o nível de US$ 2,65 pode ser seguido como suporte de curto prazo.